História das cidades do Seridó potiguar: História de Acari / RN

História de Acari / RN



"O PEIXE FAZ A HISTÓRIA"

Acari é originalmente nome de peixe de escamas ásperas e carne branca saborosa, que gosta de viver em águas tranquilas e encontrou no Rio Acauã seu habitat. A presença do peixe, e de fácil pesca, dez surgir na boca do povo o nome de um povoado: Acari.

Primitivamente, a localidade foi habitada pelos índios Cariris, e chegou à condição de povoado através da presença do Sargento Mor Manuel Esteves de Andrade, vindo da Serra do Saco. Em 1737, Manuel Esteves ergueu a Capela na localidade, consagrada a Nossa Senhora da Guia, que se tornou matriz em 13 de março de 1835. O prédio da antiga capela só foi substituído em 1863, com a inauguração da definitiva Igreja Matriz, em outro local da cidade.

Surge então, a terra de Acari, baseada na marca forte da presença do eixe nas águas do Rio Acauã e na fé em Nossa Senhora da Guia.

Antes mesmo de nascer, essa terra acompanhou a Guerra dos Bárbaros e a carnificina que culminou com o extermínio dos índios que habitavam as margens dos rios Seridó e Açu.

Passou à condição de município no dia 11 de abril de 1835 através de Resolução do Conselho de Governo. Com área de 612,9 quilômetros quadrados de extensão teve seu território desmembrado do município de Caicó e, pela Lei n° 119 de 1898, tornou-se a mais nova cidade do Estado.

Acari limita-se com os municípios de São Vicente, Carnaúba dos Dantas, Jardim do Seridó, Currais Novos e São José do Seridó. Situado na região Seridó, o município está a 209 quilômetros de distância da capital.

MAPA DA REGIÃO DO SERIDÓ - ACARI / RN
Clique no mapa para ampliar imagem. (1117 x 827)

Mapa da Região do Seridó - Município de Acari / RN

História de Acari / RN
Mapa: OpenBrasil.org
Fonte: Livro Terras potiguares - Marcus César Cavalcanti de Morais.
Foto: A/D - Arquivo OpenBrasil.org

História das cidades do Seridó potiguar - OpenBrasil.org
Página anterior Próxima página